Repórter News - reporternews.com.br
Saúde
Segunda - 09 de Abril de 2018 às 18:30
Por: Ilídio Luciano/FolhaMax

    Imprimir


O Hospital Jardim Cuiabá suspendeu parcialmente, desde a última sexta-feira (6), os atendimentos aos usuário do MT Saúde, o plano de saúde dos servidores públicos e seus dependentes. Segundo a direção da unidade, são realizados apenas procedimentos de urgência e emergência.

Atendimentos ambulatoriais, internações e até procedimentos cirúrgicos sem a devida urgência não serão realizados. Os pacientes já internados terão o atendimento adequado.

Esta é a quarta vez nos últimos meses que o Jardim Cuiabá interrompe de forma parcial ou total os atendimentos aos usuários do MT Saúde. O motivo é o mesmo: a falta de repasses por parte do Poder Executivo. "A suspensão dos atendimentos se dá devido a inadimplência do MT Saúde com o Hospital Jardim Cuiabá. O Hospital Jardim Cuiabá lamenta a interrupção dos serviços", diz comunicado do hospital.

Nas outras vezes, o Governo entrava com acordo com a direção do hospital, elaborando um cronograma de pagamentos. A crise financeira do MT Saúde teria sido o motivo para a saída do ex-presidente do órgão, Maurélio Ribeiro.

Hoje, apenas o Hospital Jardim Cuiabá aceita receber pacientes do plano. Unidades como o Santa Rosa e o São Matheus suspenderam definitivamente atendimento aos servidores e seus dependentes.

A dívida da autarquia com a rede credenciada e fornecedores é de cerca de R$ 20 milhões. Antes de deixar o cargo, o ex-presidente elaborou um plano de reestruturação do plano, que foi entregue ao Governo do Estado.

O intuito é de que o valor descontado dos servidores seja suficiente para atender a demanda. Hoje, o Governo complementa cerca de 40% os custos do plano.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/428320/visualizar/