Repórter News - reporternews.com.br
Educação/Vestibular
Segunda - 09 de Setembro de 2019 às 12:09
Por: Sandra Carvalho/Da Assessoria

    Imprimir


Tudo começa com a alfabetização e que, com o passar dos anos, vai se fortalecendo com uma proposta profunda de construção do conhecimento. A reflexão é da professora Rógena Bucair Nogueira, coordenadora da Educação Infantil do Colégio Notre Dame de Lourdes, de Cuiabá (MT).

“Fazer com, fazer dividindo, fazer pesquisando, fazer observando, fazer partilhando, fazer interagindo, fazer questionando, fortalecendo, assim, todo o conhecimento que as crianças já trazem quando chegam ao colégio”, pontua a coordenadora.

Diante desse contexto, a professora Rógena Bucair pergunta: Se essa proposta parece ser aprendida espontaneamente, dentro e fora da escola, seria realmente necessário ensiná-la? E o que tem sido feito na alfabetização que possibilita ao aluno a construir conhecimentos sobre os diferentes desafios?

“Em resposta, acreditamos que devemos incentivar os alunos desde o início da vida escolar para que aprendam de forma autônoma e participativa, através de desafios, levantamento de hipóteses e situações reais e os tornem cidadãos plenos para a vida”.

A diretora da instituição, Irmã Marluce Almeida, observa que, dentro desse contexto, a proposta do Colégio Notre Dame de Lourdes é que a criança seja e esteja no centro do processo de aprendizagem, participando ativamente e sendo responsável pela construção da aprendizagem, ou seja, protagonista do seu processo.

Para que isso aconteça de uma forma feliz e prazerosa, os professores desenvolvem rodas de conversa, atividades que fortaleçam o poder da escuta, os registros, a leitura (seja de palavras ou gravuras), a troca entre seus pares, o destaque para erros e acertos, as aulas invertidas e o uso das metodologias ativas.

“Tudo isto mescla entre a sala de aula e outros ambientes a relevante importância para possibilitar a abertura da escola para o mundo e, ao mesmo tempo, trazer o mundo para dentro da escola”, detalha a coordenadora Rógena Bucair.

“E assim, os alunos são alfabetizados não com meras repetições, mas com uma proposta significativa e duradoura”, completa a Irmã Marluce Almeida, observando que o Colégio Notre Dame de Lourdes há quase meio século promove a educação, exercendo um papel de destaque na linguagem oral e escrita dos alunos que passam pela instituição.

Dia da Alfabetização

O Dia Nacional da Alfabetização é celebrado no dia 14 de novembro e, no dia 8 de setembro, é comemorado o Dia Internacional da Alfabetização.

A primeira data foi instituída em 1966 pelo Ministério da Educação e Cultura, com o propósito de esclarecer a população acerca da relevância da introdução de melhores meios de ensino e aprendizagem nas escolas brasileiras, e a segunda foi estabelecido pela ONU – Organização das Nações Unidas, possuindo a mesma missão, ou seja, incentivar o processo de alfabetização nos países membros.

Já o Dia Internacional da Alfabetização teve iniciativa da Unesco – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, em 1967, alertando principalmente para o fato de que o processo de aprendizagem é um dos principais fatores responsáveis pelo desenvolvimento de qualquer país.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/432986/visualizar/