Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Sexta - 27 de Março de 2020 às 15:38
Por: G1-MT

    Imprimir


Produtos doados a instituições ou ao estado terão isenção de ICMS, como os garrafões de álcool doados aos bombeiros — Foto: Sindalcool-MT
Produtos doados a instituições ou ao estado terão isenção de ICMS, como os garrafões de álcool doados aos bombeiros — Foto: Sindalcool-MT

O Governo de Mato Grosso isentou, nesta sexta-feira (27), a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre produtos destinados ao combate da propagação do novo coronavírus, desde que eles sejam doados a uma entidade governamental ou assistencial.

A isenção alcança operações de importação, interestadual e interna, incluindo a aquisição de insumos usados na fabricação desses produtos, bem como as prestações de serviços de transporte.

A medida consta no decreto que alterou o regulamento do ICMS. Além disso, na legislação já estava prevista a isenção do imposto nas saídas de mercadorias a serem doadas para atendimento da população em casos de catástrofes e calamidades.

A isenção do ICMS se aplica às operações com produtos como, por exemplo, álcool gel ou álcool 70%, luvas, máscaras de proteção, medicamentos, entre outros. O benefício se estende até o dia 30 de junho de 2020, podendo ser prorrogado a depender do avanço da pandemia do novo coronavírus.

Recentemente o estado distribuiu 300 mil litros de álcool 70%, para a saúde pública e outros setores, produzidos e doados por usinas de etanol de cana de açúcar e etanol de milho instaladas em Mato Grosso.

As demais empresas e indústrias que adotarem ações solidárias como essa terão o benefício da isenção do ICMS nas operações com os produtos.

Uma série de medidas, alinhadas com as normas da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde, têm sido tomadas pelo governo estadual para conter o avanço e a transmissão o vírus em Mato Grosso.

Entres elas estão o isolamento social, suspensão das atividades escolares, arrecadação de recursos, equipamentos e mantimentos para famílias carentes e pessoas em vulnerabilidade social, proibição de eventos e de atividades que demandem aglomeração de pessoas.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/434832/visualizar/