Repórter News - reporternews.com.br
Nacional
Segunda - 27 de Setembro de 2010 às 13:54

    Imprimir


O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) informou nesta segunda-feira que o resultado parcial do Censo 2010 confirmou a tendência de envelhecimento da população brasileira, fruto da redução da taxa de fecundidade e do aumento da expectativa de vida.

De acordo com o presidente do instituto, Eduardo Pereira Nunes, os dados indicam que o país poderá deixar de ser um país jovem em cerca de 30 anos. "Mantidas as condições atuais de fecundidade, expectativa de vida e movimento migratório, o país deixará de ser um país ainda jovem para ser tornar adulto", disse.

Até a manhã de hoje, 153,6 milhões de brasileiros já tinham sido recenseados. O número equivale a 80,22% da população estimada em 2009. A análise dos dados preliminares revelou que a proporção do número de pessoas de 0 a 4 anos no total da população brasileira passou de 9,64% em 2000, data do último censo, para 7,17% neste ano.

O número absoluto de idosos com mais de cem anos também aumentou, passando de cerca de 14 mil no censo anterior para cerca de 17 mil no censo atual --como ainda falta recensear cerca de 20% da população, essa diferença pode ser ainda maior.

De acordo com o IBGE, a tendência de envelhecimento da população resultou também na redução do número médio de habitantes por domicílio, de 3,79 para 3,34.

A coleta de dados do Censo 2010 teve início em 1º de agosto e será encerrada em 31 de outubro. Segundo o instituto, o número de domicílios visitados até agora, de 57,5 milhões, está acima da meta. A previsão é que a conclusão do trabalho ocorra dentro do prazo.

O presidente do IBGE disse ainda que ao menos 600 mil domicílios que já responderam ao questionário serão revisitados. O procedimento faz parte do trabalho de checagem de dados, que visa analisar a consistência das informações transmitidas pelos recenseadores. 






Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/113955/visualizar/