Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
MT Eleições 2014
Quinta - 05 de Agosto de 2010 às 13:03
Por: Romilson Dourado

    Imprimir


A 12 dias do início do horário eleitoral e a dois meses das eleições, o empresário Mauro Mendes (PSB) e o governador Silval Barbosa (PMDB) aparecem empatados tecnicamente em Cuiabá, com uma diferença de 4 pontos percentuais, na corrida ao Palácio Paiaguás. É o que revela pesquisa quantitativa do instituto Mark, realizada esta semana, entre os dias 2 e 4. Foram ouvidas 831 pessoas em 110 bairros. A margem de erro é de 4,5% para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no TRE-MT, sob protocolo 25.561/2010. A capital mato-grossense detém o maior colégio eleitoral dos 141 municípios. São 386.991 eleitores, 18,4% do total.

Na pesquisa estimulada, quando os entrevistados têm acesso a lista dos candidatos, o nome de Mendes figura com 40,1%. "Colado" no socialista está Silval, com 36,1%. Ex-prefeito de Matupá e ex-deputado estadual por dois mandatos, o peemedebista tem como principal base eleitoral o Nortão. A pesquisa mostra que Silval começou a ganhar espaço na Baixada Cuiabana. Com uma ligeira vantagem, Mendes reside na Capital e em 2008 concorreu a prefeito e veio a perder no segundo turno para Wilson Santos.

Nesta amostragem, Wilson, que deixou o Palácio Alencastro para concorrer à sucessão estadual, figura em terceiro lugar. Está com 14,3% no município onde mora e administrou por cinco anos e três meses. O tucano aparece 21,8 pontos percentuais atrás de Silval e 25,8 de Mendes. Se as eleições fossem hoje, 1,9% do eleitorado cuiabano votaria em branco ou anularia o voto. Os indecisos somam 7,6%. O candidato do PSOL Marcos Magnon não pontuou.

Trabalho de campo

Todos entrevistados residem na zona urbana. Quanto à escolaridade, 8,3% disseram que são analfabetos e/ou têm o primário incompleto; 34,5% concluíram o primário e/ou primeiro grau incompleto; 30,4% revelaram possuir o primeiro grau completo e/ou ensino médio por terminar; enquanto 23% ou terminaram o segundo grau ou contam com curso superior incompleto. Possuem o terceiro grau completo 3,7%. Sobre a renda familiar, 15,3% dos eleitores da Capital que emitiram opinião ganham até um salário mínimo; 66,7% de um a cinco salários; 13,8% de 5 a 10 vencimentos; 2,3% de 10 a 20, ao passo que 1,9% acumula renda acima de 20 salários.

São do sexo masculino 49,3% e, do feminino, 50,7%. Dos entrevistados, 2,6% têm entre 16 e 17 anos; 17,2%, de 18 a 24; 29,6% estão na faixa entre 25 e 34; enquanto 22,1%, de 35 a 44; 21,8% conta com idade entre 45 a 59 e 6,6% possuem mais de 60 anos.

 




Fonte: RD News

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/120111/visualizar/