Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Quarta - 16 de Dezembro de 2009 às 19:59
Por: Denise Niederauer

    Imprimir


Faltam poucos dias para a celebração do Natal e as famílias ainda estão enfeitando as suas casas para a data. Árvores de natal, bolas, presentes, presépios e muitos outros motivos são utilizados para deixar os lares mais bonitos. Mas, a Superintendência de Defesa do Consumidor alerta para o uso do pisca-pisca, que pode causar acidentes se for mal utilizado.

Para instalar esse produto são necessárias medidas de segurança. Existem no mercado dois modelos de lâmpadas natalinas: um com fusíveis e outro sem. A segunda opção é mais barata, mas não é a mais segura. Sem fusível, as lâmpadas podem entrar em curto-circuito mais facilmente e provocar um incêndio.

A Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste) informa outros cuidados para o manuseio do pisca-pisca em sua casa:

- Quando for dormir, apague as luzes. Além de economizar, você não corre o risco de sobrecarregá-las e ter um curto-circuito.

- Cuidado ao instalar as luzes dentro de casa. Devem ser consideradas normas de segurança e evitar locais com materiais inflamáveis. As lâmpadas têm muitas chances de entrar em curto-circuito, evite a instalação perto de materiais inflamáveis (como papel, plástico e cortinas).

- Não é recomendado instalar as lâmpadas na parte externa da casa. Colocar as lâmpadas do lado de fora da casa significa colocá-las ao alcance da chuva. Ou seja: você pode tomar um choque ao manuseá-las.

- Se o pisca-pisca que você comprou é muito curto não emende em outro para aumentar o enfeite. Esta atitude sobrecarrega uma estrutura elétrica frágil como a dos piscas-piscas e aumenta bastante o risco de aquecimento ou curto-circuito. Fuja dessa!





Fonte: Assessoria/Procon-MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/148330/visualizar/