Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Quarta - 05 de Agosto de 2009 às 14:40
Por: Daniele Danchura

    Imprimir


O site da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) está registrando uma média de 60 mil acessos por minuto devido às inscrições para o maior concurso público da história de Mato Grosso. Ao todo, são ofertadas 10.086 vagas para suprir a necessidade de 23 órgãos.

“Se formos multiplicar estes números, estamos com aproximadamente 3,6 milhões de acesso por hora. São muitas pessoas tentando se inscrever ao mesmo tempo e de vários lugares do país”, ressaltou o secretário de Administração Geraldo de Vitto Jr.

O grande número de acessos ao site está fazendo com que este tenha picos de congestionamento. “Apesar dos picos de congestionamento, as inscrições estão sendo feitas de forma tranquila. Todos terão a oportunidade de se inscrever. Ninguém será prejudicado, até por que o prazo de inscrição vai até o dia 09 de agosto, domingo, para pagantes e até sexta-feira (07) para isentos”, lembrou De Vitto.

A coordenadora de Concursos da Secretaria de Estado de Administração (SAD), Débora Gagini, alertou para que os candidatos não deixem para fazer a inscrição com isenção de taxa no último dia. “Como os isentos precisam fazer a inscrição e protocolar os documentos nas agências dos Correios e estas funcionam até às 17 horas, não se pode deixar para a última hora. Já os pagantes poderão fazer as inscrições até às 23h59 de domingo (09.08) e pagar o boleto até o dia 10, segunda-feira”.

“Estamos trabalhando todos os dias para melhorar a capacidade de acesso ao site da Unemat. Nosso objetivo é estar sempre melhorando para que ninguém se sinta prejudicado”, esclareceu a coordenadora de Concursos e Vestibulares da Unemat, Geisa Curvo.

INTERNET – É preciso lembrar que a velocidade da internet utilizada por cada indivíduo também interfere no processo de inscrição. “Se o futuro candidato estiver utilizando uma internet que tenha uma boa velocidade, ele terá um acesso mais rápido a inscrição. Caso contrário, o acesso realmente será mais lento. Essa é uma questão técnica a qual não temos como interferir. Podemos aumentar a capacidade do site? Sim. Mas não temos como interferir na internet utilizada por cada pessoa”, concluiu Geisa.

Mais informações pelo 0800-647-3633.





Fonte: Assessoria SAD-MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/155970/visualizar/