Repórter News - reporternews.com.br
Agronegócios
Quarta - 14 de Fevereiro de 2007 às 04:58

    Imprimir


Belo Horizonte, 13 - Os 11 secretários de Agricultura que se reuniram hoje em Belo Horizonte irão reivindicar ao governo federal que firme um acordo de cooperação técnica com o Paraguai para que o Brasil auxilie na erradicação da febre aftosa no país vizinho. A defesa das fronteiras, segundo o secretário de Minas Gerais, Gilman Viana Rodrigues foi o ponto alto da reunião.

A pauta de reivindicações, de acordo com ele, inclui ainda a colocação de agentes sanitários, tanto federais quanto estaduais, em toda a fronteira oeste do Brasil até o Estado do Acre, incluindo a presença de força militar para auxiliar na fiscalização. Além disso, os Estados do Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Rondônia e Acre irão elaborar um projeto de defesa das suas fronteiras, que terão que contar com recursos adicionais do governo federal. "Este projeto será apoiado pelos demais Estados", afirmou.

A intenção dos secretários, antecipada durante entrevista coletiva, é que por meio da demonstração de uma vigilância ostensiva, alguns dos principais Estados brasileiros exportadores de carne consigam retomar o status de área livre de aftosa com vacinação, suspenso pela Organização Internacional de Defesa Animal (OIE). A próxima reunião da entidade está prevista para o mês de maio, em Paris.

Após a reunião realizada na tarde de hoje, os secretários tiveram uma audiência com o governador de Minas, Aécio Neves (PSDB), para pedir uma articulação com os demais governadores, no sentido de cobrar o atendimento das reivindicações. O aumento do volume de recursos para as empresas de sanidade dos Estados não chegou a ser estabelecido na proposta.

Os secretários de Minas, Mato Grosso e Tocantins pretendem viajar amanhã a Brasília, para entregar pessoalmente o documento ao ministro da Agricultura, Luis Carlos Guedes Pinto.




Fonte: Agência Estado

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/242165/visualizar/