Publicado em Quinta - 25 de Abril de 2019 | por Thais Fávaro/Olhar Direto

Brasil está próximo de se tornar o segundo maior exportador de algodão do mundo

O último recorde histórico com a exportação brasileira desta commodity foi de 1,03 milhão de toneladas, entre julho de 2011 e junho de 2012. Desde então, o volume embarcado oscilava entre 500 mil e 900 mil toneladas por ano.

Leia mais...

Vacinação contra febre aftosa será realizada a partir de 1º de maio

Publicado em Quarta - 24 de Abril de 2019 | por Marianna Peres/Diário de Cuiabá

O Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea?MT) ainda não autorizou a venda das vacinas aos produtores, o que deve ocorrer na próxima semana. De acordo com o vendedor de uma das maiores redes de lojas agropecuárias do Estado, Rogério Carvalho Campos, os produtores já começaram a procurar pela vacina e a rede está só aguardando a liberação do Indea. Todas as doses comercializadas são registradas junto ao Indea.

Leia mais...

Plataforma AgroSaber: a pior praga é a desinformação é lançada para debater sobre agrotóxicos

Publicado em Terça - 23 de Abril de 2019 | por Da Assessoria/Giusti Comunicação

Leia mais...

IMAmt alerta cuidados na destruição de soqueira em plantio de algodão

Publicado em Terça - 23 de Abril de 2019 | por Da Assessoria

Leia mais...

Ganho de peso é 100% maior em animais com suplementação alimentar, revela prova a pasto da Nelore

Publicado em Terça - 23 de Abril de 2019 | por Da Assessoria

O resultado foi revelado nesta semana pela Associação dos Criadores Nelore de Mato Grosso (Nelore MT) e mostrou que suplementação alimentar foi decisiva para o sucesso na competição, da qual participaram 139 animais, de 35 criadores. A prova teve início em junho do ano passado e a última pesagem ocorreu no final de março.

Leia mais...

Ganho de peso é 100% maior em animais com suplementação alimentar, revela prova a pasto da Nelore

Publicado em Segunda - 22 de Abril de 2019 | por Da Assessoria

Um leilão será realizado com os animais no mês de outubro, o que o presidente da associação Nelore, Breno Molina, avalia como positivo, pois colocará à disposição do mercado animais que possuem comprovadamente qualidade genética e excelente acabamento de carcaça.

Leia mais...

MT foi o quarto maior estado consumidor em 2018

Publicado em Quinta - 18 de Abril de 2019 | por Marianna Peres/Diário de Cuiabá

De acordo com o balanço nacional do setor, o segmento de fertilizante foliar representou 71% do total faturado, seguido por fertilizante organomineral, com 12% de participação, condicionadores de solo, com 10%, fertilizante orgânico, que teve 4%; e substrato para plantas, com 3% da receita global. Os dados foram levantados por uma pesquisa encomendada pela Associação Brasileira de Tecnologia em Nutrição Vegetal (Abisolo) e elaborada pela Yeb Inteligência de Mercado. Foi feita ainda uma sondagem sobre perspectiva de crescimento para 2019 e a previsão é de uma expansão em torno de 21% no faturamento do setor.

Leia mais...

Clima vai favorecendo produção do milho e volume pode ser 2º maior da história

Publicado em Terça - 16 de Abril de 2019 | por Marianna Peres/Diário de Cuiabá

Como destacam os analistas do Imea, a nova estimativa de safra traz revisão positiva para área plantada, produtividade por hectare e produção total. Em relação à área, foram estimados 4,74 milhões de hectares, 2,6% acima dos que foi cultivado no ano passado, 4,61 milhões. A expansão espacial foi motivada, principalmente, pelo adiantamento nos trabalhos de campo em todo o período da semeadura.

Leia mais...

Produção de grãos no Brasil deve crescer 1,6% este ano, diz IBGE

Publicado em Quinta - 11 de Abril de 2019 | por Por Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil Rio de Janeiro

Entre as três principais lavouras de grãos do país é esperada alta na produção de 2018 para 2019 apenas para o milho (11,9%), que deverá fechar o ano com 91,04 milhões de toneladas.

Leia mais...

Exposição ao agrotóxico em Mato Grosso é quase 10 vezes maior do que média nacional

Publicado em Sexta - 05 de Abril de 2019 | por Ana Flávia Corrêa/GD

Em suas pesquisas de campo nas cidades de Lucas do Rio Verde, Campo Verde, Sapezal, Campo Novo do Parecis e Campos de Julio, o professor constatou que as leis e normas impostas não são cumpridas.

Áreas de amortecimento, por exemplo, que são pontos de distância previstos entre as plantações e as áreas de preservação, estipulada em 90 metros de distância, geralmente não chegam nem a 10 metros na prática.

Leia mais...