Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Segunda - 12 de Fevereiro de 2007 às 13:27

    Imprimir


Entre os dias 12 e 15 de fevereiro, os instrutores do Senar/MT analisam, detalhadamente, a metodologia dos cursos e as questões operacionais e técnicas, que garantem o bom resultado do processo de capacitação dos trabalhadores rurais no estado. O presidente do sistema Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso, deputado federal Homero Pereira, disse na abertura do encontro nesta segunda-feira, que, mais do que repassar informações técnicas, estes profissionais podem amenizar a os problemas da agricultura familiar, do pequeno produtor e trabalhador rural. “Tendo em vista esta conjuntura econômica, social e ambiental que a gente vive, os instrutores devem também atuar como agentes transformadores, que não sejam só instrutores, mas que possam interagir como outras áreas e identificar possíveis conflitos de interesses e contribuir com a discussão neste sentido”, apontou Homero Pereira.

São 130 instrutores em Mato Grosso, 30% a mais que em 2006, considerando a ampliação da área de atuação da instituição. Segundo o gerente técnico do Senar-MT, Otávio Nogueira Borges, esta é uma das fases mais importantes da formação profissional rural. “A revisão de conteúdo é uma das etapas mais importantes desta fase do trabalho porque não basta apenas atualizar as informações, mas é preciso avaliar a pertinência ou não desta novidade na formação profissional rural”, observou Nogueira Borges. Todo o processo de revisão de conteúdo é realizado sob a coordenação dos supervisores e coordenadores de cada região.

No encontro, os instrutores também participam de palestras sobre outras áreas, ampliando conhecimentos sobre temas interligados à atuação de cada um. Relacionamento interpessoal, gestão, meio ambiente, segurança ambiental e inspeção sanitária, são temas deste encontro. Os primeiros fazem parte da pauta anual e a questão sanitária será discutida em função da nova legislação sobre produtos da terra. O presidente do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea), Décio Coutinho, apresenta os critérios necessários para a comercialização dos produtos cultivados nas propriedades do estado. Os dois últimos dias do encontro são reservados especificamente a análise do conteúdo e metodologia dos treinamentos previstos para este ano.

MARÇO - A programação de cursos do Senar/MT, do ano de 2007, entra em vigor a partir do mês de março. Serão ministrados 282 treinamentos em 80 municípios. Em 2006, foram realizados 1.831 cursos de Formação Profissional Rural e 718 de Promoção Social, em 117 municípios, beneficiando mais de 30,5 mil pessoas.





Fonte: 24HorasNews

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/242519/visualizar/