Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Segunda - 29 de Maio de 2006 às 01:40
Por: Sérgio Édson

    Imprimir


O pacote agrícola anunciado semana passada pelo governo federal não agradou o prefeito de Ipiranga do Norte. Para Ilberto Effting, as dívidas acumuladas do setor produtivo continuam sem solução. “É um verdadeiro embrulho que se limita apenas às dívidas da safra 2005/06 e a maioria dos produtores rurais não terão acesso aos recursos anunciados porque estão com o nome sujo”.

As medidas do governo também não contemplam a próxima safra. “Trinta bilhões é muito pouco para financiar o custeio. Na verdade, seriam necessários cerca de R$ 120 bilhões para atender a demanda nacional”, diz Effting.

O prefeito também reclama a ausência das medidas de desoneração de impostos, mudanças no câmbio, a autorização de importações de insumos e a liberação do uso de genéricos. Effting também critica "a tímida redução de juros". Ele avalia ainda que faltou uma desoneração tributária para baratear o diesel.

Em Ipiranga do Norte, município que iniciou o movimento, os produtores rurais continuarão bloqueando 32 armazéns. Os agricultores do município também participarão da continuidade das manifestações na BR-163, onde os bloqueios serão retomados nesta terça-feira (30).

De acordo com o agricultor José Nilton Mafra, de Ipiranga do Norte, os ruralistas, além de trancar o trânsito de caminhões, também pedirão para que os armazéns não liberem os grãos.

“Precisamos sensibilizar o presidente Lula para que nos atenda. Nós cobramos mudanças na política cambial, redução nos custos com transporte e frete. Itens que não estão incluídos no pacote”, cobra.

Além de Mato Grosso, a decisão de voltar a trancar as rodovias será seguida por vários estados, entre eles, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Goiás.





Fonte: Clichoje

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/298305/visualizar/