Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Sexta - 25 de Junho de 2004 às 19:20
Por: Liana Menezes

    Imprimir


Como agência de financiamento, a MT Fomento é vinculada à secretaria de Planejamento e surge como mais um instrumento que o Governo de Mato disponibiliza para executar as suas políticas públicas. Na manhã desta quinta-feira (24.06), o conselho de Administração da Agência deu posse à sua diretoria.

Foram empossados Éder de Moraes Dias como diretor-presidente; Amado de Oliveira Filho como diretor de Desenvolvimento e Projetos; Luis Carlos Armani como diretor Administrativo-Financeiro e Jair de Oliveira Marques como diretor de Operações.

As ações da MT Fomento serão focadas na política de investimentos de Mato Grosso. De acordo com o secretário de Planejamento Yênes Magalhães, também presidente do conselho de Administração da Agência, "a hora é de estimular a realização de investimentos, a criação de emprego e renda, modernizando as estruturas produtivas, aumentando a competitividade estadual e a redução das desigualdades sociais e regionais".

"Acreditar no desenvolvimento sustentável principalmente na visão que a gente tem do que vem a ser o Planejamento. Garantir a continuidade dos trabalhos independente do governo que administra o Estado" acrescentou Yênes, ao se referir aos objetivos da agência.

Para o conselheiro fiscal Altevir Magalhães, a MT Fomento representa um grande avanço para Mato Grosso. "Através de uma idéia simples, essa iniciativa vem atuar num segmento de micro crédito, de baixa renda, onde a demanda é maior, mas existe uma especialização para se conceder crédito e gerar recursos, criando assim, condições para trabalhadores que dificilmente teriam acesso ao crédito".

”Da forma como a Agência foi concebida e como ela foi criado, seu objetivo e foco, só tem que dar certo. Com certeza a MT Fomento vai ser uma grande geradora de emprego. O que vem de encontro com a proposta do Governo Estadual, em minimizar as desigualdades sociais e regionais", destacou o conselheiro fiscal da agência, Mauro Carvalho Júnior.

"Visando trabalhar em conjunto com as ações de erradicação da pobreza no Estado, no sentido de uma melhor distribuição de renda, emprego e resgate da cidadania, a MT Fomento criou 11 Programas, procurando ao máximo otimizar as cadeias produtivas, injetando capital e recurso e fazendo com que a nossa economia se torne um pouco mais competitivos", comentou o diretor presidente da MT Fomento, Éder Dias.

"Nesse sentido", acrescentou, "vamos estar trabalhando em sintonia com vários programas estaduais". E o MT Regional é um deles. "Nós vamos procurar atender ao MT Regional, nas regiões em que o Governo elencou como prioritárias e que nesse primeiro momento são quatro" acrescentou.

Ainda dentro das perspectivas de atuação da Agência, Éder Dias esclareceu que existe um diferencial entre as demais agências de fomento do país. "Nós vamos vai atuar também na intermediação financeira, ou seja, pretendemos ser um elo entre o setor produtivo e o setor bancário".

"Vamos prestar serviços alocando capital em algumas instituições financeiras para uma determinada cadeia ou setor produtivos, dando credibilidade à figura do Governo na participação do processo", concluiu Éder.




Fonte: Secom - MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/379595/visualizar/