Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Terça - 02 de Março de 2004 às 11:25
Por: Edivaldo de Sá

    Imprimir


O Promotor de Justiça de Arenapolis, Luís Augusto Ferres Schimit, protocolou ontem um Procedimento Investigatório, visando apurar fraude no Concurso Publico para o cargo de Farmacêutico-Bioquimico, cujas provas foram realizadas no dia 1º de Fevereiro, deste ano.

De acordo com Ferres Schimit, o procedimento teve inicio, após uma candidata, que participou do concurso publico, ter solicitado providências ao Ministério Publico, em decorrência de esta ter constatado que as questões de múltipla escolha de nº 031 a 040 (questões de conhecimento especifico) já vinham com as respostas certas destacadas em letra tipo itálico, portanto diferente das demais alternativas.

“Ora”, é evidente que a finalidade do concurso público em testilha restou prejudicada, já que, como as questões de nº 031 a 040 apresentavam as respostas corretas em destaque, não foi possível selecionar o candidato mais capaz (o objetivo de interesse público do concurso não foi atingido) diz o representante do Ministério Publico, “No caso em tela, o concurso público foi realizado; entretanto, a prova de conhecimentos específicos para o cargo de Farmacêutico-Bioquímico apresentou as irregularidades descritas anteriormente, prejudicando o certame, sendo necessário que o Poder Judiciário reconheça as irregularidades e declare nulo o Concurso Público Municipal para o aludido cargo, estando, de conseqüência, proibida a contratação da candidata aprovada” destaca Luís Augusto Ferres Schimit.

A ação foi protocolada por volta do meio dia, horas depois, o Presidente da Comissão Especial de Concurso da Prefeitura Municipal, Jefferson Dantas da Silva, que já havia sido ouvido no procedimento, reconheceu oficialmente o “erro”. No mesmo instante o Prefeito Municipal, Aurino Rodrigues da Silva, baixou portaria cancelando o concurso para o cargo, em razão da alegação do Ministério Publico local, e deve realizar novas provas.

A atual Secretária Municipal de Saúde, Marina Castro, foi à classificada no concurso publico para o cargo de Farmaceutico-Bioquimico.

A administração do Prefeito Aurino Rodrigues é a mais conturbada da história política do município, que já passou por sérias denuncias de improbidade administrativa, foi cassado pela Câmara Municipal, e retornou várias vezes ao cargo por força de liminar. Uma Ação Civil Publica movida pelo Ministério Publico, que pede afastamento de Aurino Rodrigues Silva, Nego Lú, por improbidade administrativa, aguarda decisão do Juiz Geraldo Fernandes Fidelis Neto, que deve sair nos próximos dias.

Nego Lú, teve um de seus principais assessores, preso, no ano passado, um outro com prisão preventiva decretada, ainda se encontra foragido da justiça, e informações extra-oficiais, dão conta de que Luis do Nascimento, Luiz Taboca, estaria tentando negociar sua apresentação à justiça.




Fonte: Redação Reporter News

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/387579/visualizar/