Repórter News - reporternews.com.br
MT Eleições 2014
Segunda - 30 de Novembro de -0001 às 00:00
Por: Dayane Pozzer

    Imprimir


O ex-governador e candidato ao Senado Blairo Maggi (PR), que cumpre agenda de campanha em Rondonópolis até sexta-feira (24), afirmou na noite dessa terça (21) ao Olhar Direto que os candidatos que participam dos debates deveriam se preocupar mais em apresentar suas propostas ao invés de ‘atacar’ os adversários. “Fica parecendo uma inquisição”, declarou.

Sobre o último debate com candidatos adversários na corrida pelo Palácio Paiaguás apresentado pela TV Record, canal 10, na noite desta segunda-feira (20), o republicano ressaltou que “o que está na frente apanha e quem está atrás bate”, referindo-se à união dos demais candidatos para "malhar" o governador e candidato à reeleição Silval Barbosa (PMDB), que está na frente nas pesquisas de intenções de votos.

Blairo sugeriu ainda que a prática receba outro nome, que não seja debate, se não houver a apresentação e a discussão de propostas entre os candidatos. “Então deveria mudar o nome, não precisava ser debate”, sublinhou.

Questionado sobre a denúncia apresentada pelo ex-prefeito de Cuiabá e candidato ao governo do Estado, Wilson Santos (PSDB), Maggi afirmou que não falaria sobre o assunto. “Não vou falar nada sobre esse assunto, hoje não. Já enviamos nota à imprensa, a Secretaria (da Receita Pública) foi muito clara com relação a isso”, declarou.

O ex-prefeito de Cuiabá apresentou documentos afirmando que o Governo do Estado ‘perdoou’ uma dívida de R$ 185 milhões da empresa de fertilizantes Fertipar, fornecedora de produtos a Amaggi, de propriedade do republicano.






Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/387655/visualizar/