Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Policia MT
Quinta - 17 de Abril de 2014 às 09:22

    Imprimir


Ilustração

O chacareiro responsável pela Lagoa Trevisan, em Cuiabá, localizou uma ossada humana no meio de um matagal anteontem à tarde, quando trabalhava na limpeza. A Polícia calcula que a pessoa tenha morrido entre 30 e 60 dias, não sendo possível saber se foi uma morte violenta ou natural. A vítima estava de blusa de frio listrada e bermudão bege. 

Levada para a Antropologia Forense do Instituto de Medicina Legal, o exame antropológico vai determinar o sexo, a idade, cor e altura da pessoa. “Com o exame, essas perguntas básicas deverão ser respondidas”, explicou um técnico. 

Enquanto isso, o delegado Walfrido Franklin do Nascimento, de plantão na Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa deverá verificar nos registros do setor de desaparecidos da própria DHPP se existe alguém que sumiu nesse período e cujas roupas coincidem com o que vestia a vítima. O que chamou a atenção dos policiais é que a pessoa não usava roupas íntimas. “Seria normal ter encontrado roupas íntimas, o que até ajudaria na identificação, mas não é uma situação incomum”, lembrou um policial. (AR)





Fonte: Do DC

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/393523/visualizar/