Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Segunda - 30 de Novembro de -0001 às 00:00

    Imprimir


O governo do Estado decretou intervenção administrativa nos hospitais regionais de Colíder e Alta Floresta, gerenciados pelo Instituto Pernambucano de Assistência à Saúde (Ipas). A Comissão Permanente de Contratos constatou inadimplência por mais de 120 dias do Ipas com fornecedores, prestadores subcontratados pela Organização Social de Saúde no caso específico o Corpo Clínico dos hospitais e também o não pagamento de água, luz, materiais hospitalares, que resultaram no risco de paralisação das atividades dos hospitais e a precarização do atendimento à população

Com a intervenção, o Estado assume todos os compromissos administrativos e os hospitais voltam a funcionar normalmente com o restabelecimento de todos os serviços médicos-hospitalares. No prazo de 30 dias, a contar da data da publicação do decreto de nº 2337-14, de 5 de maio, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) começa, por meio de procedimentos administrativos, a apurar as causas determinantes da medida e definir responsabilidades, assegurando o direito da ampla defesa.

O secretario de Estado de Saúde, Jorge Lafetá, disse que a medida foi necessária, para melhorar a prestação de serviços públicos de saúde à população por estas unidades. “Vou estar presente junto aos servidores designados (interventores), e já conversei com os servidores dos hospitais e escritórios Regionais. Juntos vamos formar grupos de trabalho no auxilio à gestão. Todos os compromissos assumidos vão ser honrados”, disse, por meio da assessoria.

O prazo da intervenção é de até 180 dias, a contar da data da publicação.





Fonte: Só Notícias

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/394622/visualizar/