Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Politica MT
Sábado - 02 de Junho de 2001 às 12:13

    Imprimir


A disputa eleitoral entre o ex-prefeito Wilson Santos (PSDB) e Mauro Mendes (PSB e então no PR) nas eleições para a prefeitura de Cuiabá, em 2008, se transformou em case de sucesso para centenas de consultores, marqueteiros, advogados e políticos que participaram XI o Congresso Brasileiro de Estratégias Eleitorais e Marketing Político, realizado em Brasília entre os dias 29 e 31 de maio.

Na ocasião, o advogado Paulo Taques, um dos palestrantes mais aguardados do evento, exibiu dois vídeos dos programas de Wilson e de Mendes que foram ao ar dias antes da realização do primeiro turno daquela eleição, que acabou com vitória de Santos no segundo turno.

No primeiro vídeo, a coligação tucana acusou o então presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt) de ter atropelado um casal em 1993, em Cuiabá, e de não ter prestado socorro nem de ter pago despesas médicas das vítimas.

O segundo filme, elaborado pela equipe de Mendes, e que é usado como exemplo de como lidar com uma situação de crise, foi ao ar no dia seguinte com repostas a todas as acusações.

De acordo com Paulo Taques, o objetivo de Wilson Santos era evitar que Mauro Mendes chegasse ao segundo turno. Tanto é que dias antes do pleito foram feitas as denúncias.

O advogado e consultor jurídico lembra que a estratégia adotada pela campanha de Mendes é um exemplo de como ataques e denúncias podem contornadas em prol dos candidatos.

“Dias antes da eleição as denúncias foram ao ar e assim que foi exibido o filme, nos reunimos, passamos a noite em claro trabalhando nas respostas. Criamos a expectativa de que Mauro daria uma reposta às acusações. Mas proibimos nosso candidato de dar entrevistas até o dia que nosso programa fosse ao ar. E o vídeo surtiu efeito, tanto é que Mauro foi para o segundo turno”, disse o advogado ao lembrar que o vídeo já foi exibido em um evento realizado em Madrid, na Espanha.

Durante cerca de uma hora, Taques deu dicas aos presentes ao evento sobre restrições de propaganda eleitoral nas eleições de outubro. Simultaneamente ao evento ocorreu X Feira de Produtos para Campanhas Eleitorais, oportunidade para colocar os participantes do evento em contato com o mercado fornecedor de soluções para campanhas.





Fonte: Olhar Direto

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/396310/visualizar/