Repórter News - reporternews.com.br
Politica MT
Quinta - 28 de Junho de 2018 às 11:50
Por: Folhamax

    Imprimir


O ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM), deve oficializar sua pré-candidatura ao Governo do Estado no próximo dia 9 de julho. A decisão teria ocorrido após encontro da cúpula do diretório regional do partido em Mato Grosso com a executiva nacional da sigla, ocorrido na noite da última terça-feira (26) em Brasília (DF).

Segundo Mendes, os membros da executiva nacional do DEM que estavam presentes no encontro – entre eles o presidente nacional do partido, e prefeito de Salvador (BA), ACM Neto, além do presidente da Câmara dos Deputados, e pré-candidato à presidência da República, Rodrigo Maia -, apresentaram uma pesquisa que aponta que Mato Grosso é o Estado onde a sigla possui mais chances de eleger um governador e um senador, cargos que seriam ocupados, respectivamente, pelo ex-prefeito de Cuiabá e pelo ex-governador Jayme Campos.

“De acordo com as pesquisas da direção nacional, Mato Grosso é o Estado onde o partido tem a maior chance de conquistar uma vitória expressiva, tanto para o governo como para o senado”, destacou Mauro em entrevista ao site Gazeta Digital.

O deputado federal e presidente do DEM em Mato Grosso, Fábio Garcia, postou uma foto na sua conta do Instagram no início da madrugada desta quarta-feira (27) onde Mauro Mendes, Jayme Campos, além do próprio Garcia, aparecem ao lado de ACM Neto, Rodrigo Maia, e do deputado federal Pauderney Avelino (DEM-AM). Além de Mauro Mendes e Jayme Campos - que ao menos publicamente dão sinais de que suas posições como candidatos a governador e senador, respectivamente, estão “cristalizadas” -, há uma corrida nos bastidores entre outros pré-candidatos para compor uma coligação partidária com o DEM.

O deputado federal Adilton Sachetti (PRB), o ex-prefeito de Lucas do Rio Verde (354 km de Cuiabá), Otaviano Pivetta (PDT), e o ex-vice-governador Carlos Fávaro (PSD), estariam entre os mais cotados para ocuparem os dois cargos restantes na majoritária – como vice-governador e senador.

As conversas sobre possíveis alianças, porém, devem ainda revelar surpresas até a data final para registro de candidaturas, no dia 15 de agosto de 2018.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/428740/visualizar/