Repórter News - reporternews.com.br
Policia MT
Sexta - 10 de Maio de 2019 às 09:37
Por: Por Eduardo Kotaki, TV Centro América

    Imprimir


Homem foi preso com 60 galos usados em rinha nos fundos da casa dele em Tangará da Serra — Foto: TV Centro América
Homem foi preso com 60 galos usados em rinha nos fundos da casa dele em Tangará da Serra — Foto: TV Centro América

Um homem foi preso nessa quinta-feira (9) em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá, suspeito de promover rinha de galo. Uma operação da Polícia Ambiental e Secretaria de Meio Ambiente (Sema) apreendeu 60 galos usados na rinha.

O suspeito, Juvenal Lopes de Barros Filho, de 34 anos, foi preso e vai responder por maus-tratos aos animais. Ele é dono do imóvel onde foram encontrados os galos e outras aves. Ele negou que realizasse rinhas e afirmou que apenas criava as aves para depois vender.

Galos apreendidos em rinha em Tangará da Serra — Foto: TV Centro AméricaGalos apreendidos em rinha em Tangará da Serra — Foto: TV Centro América

Galos apreendidos em rinha em Tangará da Serra — Foto: TV Centro América

Além dos animais, os policiais apreenderam materiais supostamente usados na rinha.

“Ele disse que a criação [dos animais] é para preparar e vender. Disse que nunca praticou a rinha de galo no local”, comentou o sargento da Polícia Ambiental, Malcon Soares. O sargento afirmou que havia sinais de maus-tratos aos animais na casa.

Um ringue, seringas e outros materiais que, segundo a Sema, eram supostamente usados para colocar as aves pra brigar, também estavam no local.

A prisão e as apreensões ocorreram depois de uma denúncia feita para a secretaria.

“A rinha de galo, pela maneira desenvolvida, gera maus-tratos ao animal. É crime e é proibido”, afirmou Jeferson Zucchi, diretor da Sema .

O suspeito foi conduzido à delegacia da Polícia Civil.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/431560/visualizar/