Repórter News - reporternews.com.br
Agronegócios
Sexta - 26 de Junho de 2020 às 16:31
Por: Por G1 MT

    Imprimir


Live debateu o armazenamento de grãos — Foto: SECOM /ARQUIVO
Live debateu o armazenamento de grãos — Foto: SECOM /ARQUIVO

Uma live realizada nesta sexta-feira (26) discutiu a logística e armazenamento de grãos em Mato Grosso durante a pandemia. Estavam presentes agricultores e empresários que debatiam sobre a produção de grãos no estado e as dificuldades que o produtor está tendo nesse momento.

Uma série de lives estão sendo feitas sobre a logística para escoamento da produção dos grãos, assim como as alternativas de armazenamento, no estado. Todas as sextas-feiras um assunto diferente é debatido pelos convidados. A intenção é trazer melhorias para os produtores.

A edição dessa sexta-feira (26) debateu a armazenagem dos grãos de milho e soja, já que nesse momento muitos produtores estão com a matéria-prima guardada, pós colheita.

Mato Grosso é o maior exportador de milho do país — Foto: Mayke Toscano/ Gcom-MT

Mato Grosso é o maior exportador de milho do país — Foto: Mayke Toscano/ Gcom-MT

Neste ano, estima que serão produzidas 75 milhões de toneladas de milho e, segundo o diretor comercial da Losc Logística, Rogério Arias, Mato Grosso só possui capacidade para o armazenamento de 38 milhões de toneladas.

“Mato Grosso planta 16 milhões de hectares e precisa de grandes investimentos na armazenagem e no escoamento da produção. O governo do estado está investindo porque nós dependemos de milho e soja. O principal ponto é fazer com que todos os setores produtivos convirjam no mesmo sentido”, afirma.

Ele conta que esse armazenamento é feito em caçambas de caminhão e que para armazenar é necessário energia suficiente. Em Querência, uma das cidades de maior produção, está sendo gerado energia com óleo diesel por causa da pouca quantidade de energia disponível.

O governo do estado está incentivando a renovação das cadeias produtivas como feijão, lentilha, trigo e grão-de-bico.

A produção de gergelim no estado é uma das maiores do mundo e há um problema na armazenagem e logística. É preciso também cuidado com o armazenamento de algodão pelo grande volume e pelo fato de ser altamente inflamável.

Rogério enfatiza que o uso de energia limpa e renovável é uma das questões mais importantes no cenário atual, além da preocupação com o meio ambiente.

“Energia sustentável é a solução, assim como a hídrica, placas solares não temos ainda e precisamos buscar essa fonte. É preciso criar um incentivo maior para esses setores de energias sustentáveis”, afirma.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/436617/visualizar/