Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Sexta - 23 de Julho de 2021 às 19:44
Por: Fabiana Mendes/Olhar Direto

    Imprimir


Uma massa de ar frio de origem polar e de grande intensidade vai chegar ao Brasil na próxima semana e pode ser uma das mais intensas do século em todo território nacional, inclusive em Mato Grosso. Os sites de previsões meteorológicas já apontam queda na temperatura a partir do outro fim de semana na região metropolitana de Cuiabá.


Em consulta no Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), que é ligado ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), já é possível ver que a temperatura começa a cair no fim da próxima semana. Conforme as previsões, que mudam conforme a frente fria avança, os termômetros podem atingir os 8ºC na capital mato-grossense.



Modelos numéricos analisados pela MetSul Meteorologia vêm indicando de forma sistemática que será uma erupção de ar gelado muito intensa, mais forte que a de junho e a de julho, e em alguns momentos chegam a sinalizar uma onda polar de excepcional força com magnitude raramente vista na história recente.






Para o MetSul, não há dúvidas que será uma onda de frio intensa. Mas faltando ainda quatro dias para a sua chegada existem pontos em aberto como sua intensidade definitiva, o alcance do ar gelado no território brasileiro e a possibilidade de neve, sua extensão e eventual acumulação e quantidade. Os cenários devem ficar mais claros ao longo deste fim de semana e na segunda-feira (26), com a maior proximidade do evento.



Entre terça e quarta-feira (27 e 28), o ar polar deve ingressar no Brasil, trazendo queda enorme da temperatura que será extremamente baixa na segunda metade da próxima semana. A partir da análise de alguns pesquisadores, foi possível apontar que a temperatura fica entre -5ºC e -6ºC no Sul do Brasil.



Ainda conforme o MetSul, para se ter ideia do que isso representa, somente ondas de muito frio intensas atingem valores tão baixos e que raramente são observados. As ondas de frio intensas de julho de 2000 e de julho de 2007, por exemplo, tiveram valores nestes patamares.



Não bastasse, no que também é pouco incomum, a linha de 0ºC chega a São Paulo e o sul do Mato Grosso do Sul, ou seja, o ar polar pode alcançar latitudes do Centro do Brasil com uma intensidade rara.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/444977/visualizar/