Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Politica Brasil
Sábado - 19 de Novembro de 2011 às 07:17
Por: Mirelle Irene

    Imprimir


Em visita a Goiânia nesta sexta-feira, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Ricardo Lewandowski, defendeu o aperfeiçoamento da legislação eleitoral, citando a necessidade de limitar os gastos nas campanhas. "Os gastos estão estratosféricos, e levam a um certo artificialismo nas eleições", afirmou.

Segundo Lewandowski, a legislação está defasada. "O Código Eleitoral tem mais de 50 anos, e precisa de uma atualização", disse, lembrando que é preciso organizar melhor as normas que regem o processo, atualmente esparsas em várias fontes. "Nós temos normas eleitorais na Constituição, leis complementares, leis ordinárias, resoluções do TSE - é preciso fazer uma consolidação dessas normas todas", defendeu.

Após vistoriar o processo de cadastramento biométrico que está sendo feito em Goiânia, o presidente do TSE disse estar satisfeito com o trabalho realizado em Goiás. Até as 14h, 38,96% do eleitorado total de Goiânia - ou 354.369 eleitores - já havia sido cadastrado na biometria, que começou a ser feita na capital em abril. A média de atendimentos diário alcança 3,2 mil pessoas. O total da capital é de 909.651 eleitores, e o TRE projeta realizar o recadastramento biométrico de todos até março de 2012.

Lewandowski também participou de homenagem na sede do governo goiano, o Palácio das Esmeraldas, ao lado de sete autoridades do Judiciário brasileiro, que receberam das mãos do governador Marconi Perillo (PSDB) a Ordem do Mérito Anhanguera, no grau Grã Cruz, a mais alta comenda goiana.





Fonte: Terra

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/68537/visualizar/