Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Sexta - 20 de Setembro de 2013 às 07:21
Por: Weverton Correa

    Imprimir


O deputado estadual José Riva (PSD) salientou ao ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antonio Andrade, a necessidade de "melhoria" na legislação para a parcerias público-privadas com vistas a investimentos em logística. Um dos principais entraves para o desenvolvimento do setor, apontado por ele, seria burocracia na formação de acordos e a morosidade nas discussões.


 
"Temos investidores americanos, coreanos, russos, mas precisamos melhorar essa legislação no tocante a parceria público-privada, senão vamos ficar no discurso a vida inteira sobre parceria e na hora da efetivação a burocracia impede de se realizar as grandes parcerias. Se demora três, quatro, cinco, dez anos, isso para o nosso produtor hoje é muito para efetivar uma parceria", afirmou Riva.


 
José destacou um dos modais mais promissores, principalmente para Mato Grosso, o ferroviário. Ele lembrou a luta do setor que vem sendo feita para viabilidade da ferrovia Mato Grosso-Pará. "Não tenho dúvida que a ferrovia para Santarém é extremamente viável, como é viável o porto de Bacarena, na ferrovia Mato Grosso-Pará".


 
O estudo de viabilidade da ferrovia Mato Grosso-Pará pode ser financiado com recursos do Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste (FDCO). A Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco) já chegou apontar que o objetivo é assegurar grandes obras para o desenvolvimento de estados como Mato Grosso. "Quando falamos de ferrovia, a preocupação é com essas rodovias que são verdadeiros corredores da morte. É a preocupação também em desafogar os portos de Paranaguá e Santos que estão saturados e não suportam mais. É preciso trazer tudo para o debate", disse Riva.


 
O pedido da ferrovia Mato-Pará também já foi levado ao ministro dos Transportes, César Borges, que analisa a viabilidade do projeto. Riva participou do Fórum Brasil Central do Agronegócio, em Sinop, aberto oficialmente ontem, pelo ministro Antonio Andrade.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/9224/visualizar/