Repórter News - reporternews.com.br
Opinião
Sábado - 10 de Abril de 2010 às 13:02
Por: José Riva

    Imprimir


Cuiabá completou 291 anos de fundação neste 8 de abril. Nesse ínterim, muitas são as conquistas a comemorar. De lá pra cá, a cidade, originada a partir da exploração do ouro, foi palco de vários momentos históricos e ainda se encontra em constante processo de desenvolvimento. Uma cidade de um povo que recebe a todos os "paus-rodados" de braços abertos e que desde 1834 foi transformada, definitivamente, na capital de Mato Grosso. Passou por vários momentos áureos e está pronta para enfrentar novos desafios.

Com um crescimento ascendente, Cuiabá tem se modernizado, acompanhando o ritmo frenético comum das grandes metrópoles. E muito ainda tem por vir. Um deles será a realização da Copa do Mundo em 2014 aqui. Para isso, investimentos de infraestrutura e de urbanização deverão ser feitos para recepcionar o maior evento esportivo do mundo. São ações que vão transformar a vida da população cuiabana para melhor. E esse progresso já começou com a assinatura do pacote de obras para pavimentação asfáltica de vias urbanas e drenagem de águas pluviais em 48 bairros da Capital. Acredito que, nesses próximos 4 anos, conseguiremos ter 100% de Cuiabá asfaltada. Estamos trabalhando para isso.

Outra preocupação diz respeito à mobilidade urbana. Hoje, o grande fluxo de carros tem gerado problemas nas regiões metropolitanas, como congestionamentos nos pontos principais. Se nada for feito nesse sentido, imagine o caos na Copa. Apesar das possibilidades econômicas locais serem positivas com o advento do Mundial, muito tem que ser aprimorado para que a Capital possa sediar os jogos com tranquilidade e eficiência.

Por isso, mais uma vez defendo a implantação de um transporte alternativo como o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), para que efetivamente tenhamos uma cidade integrada e um sistema de transporte coletivo, sem custo quer seja à prefeitura ou ao Estado de Mato Grosso. Essa expectativa de crescimento ao sediarmos a Copa vai acontecer se tivermos respaldo dos serviços públicos.

É possível termos investimentos oriundos do setor privado, por meio de uma concessão pública para a implantação do VLT. Isso facilitará a locomoção dos milhares de turistas em visita à cidade. E representará um avanço de décadas. Mas é preciso vontade política do querer fazer, ao menos debater. Nesse sentido, estamos solicitando ao governo do Estado a realização de um estudo sobre o custo-benefício desse tipo de transporte. Além de proporcionar uma alternativa para desafogar o trânsito em Cuiabá, teremos uma tarifa mais barata aos usuários do transporte coletivo.

Para uma Cuiabá que chega aos seus 291 anos, a Copa de 2014 tem que ser de ouro, relembrando o início de sua história. E se não for a maior, temos que estar entre as melhores das cidades-sede.


*José Riva (PP), deputado estadual, é presidente da Assembleia Legislativa



Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/artigo/1392/visualizar/