Repórter News - reporternews.com.br
Opinião
Quarta - 24 de Março de 2010 às 17:11
Por: Kleber Lima

    Imprimir


A polêmica em torno da Estação de Tratamento de Água (ETA) do Tijucal é uma das páginas tristes da história política de Cuiabá. Aliás, a própria politização de algo que deveria ser apenas técnico e administrativo já entristece e aborrece.

Inaugurada esta semana (23.03) sob o condão da suspeita de ser uma mera farsa eleitoreira para se lesar a boa fé da população, a ETA Tijucal muito provavelmente estará nos palanques eleitorais deste ano, pelo menos em Cuiabá e Várzea Grande, quando, na verdade, esse tema não deveria sequer existir.

Explico. Água e saneamento básico são ações públicas prioritárias. São serviços essenciais. Uma cidade como Cuiabá, que completará 291 anos em abril próximo, não deveria mais conviver com problemas de falta d’água e esgoto a céu aberto. Estamos interligados ao Aquífero Guarani, a maior reserva subterrânea de água doce potável do mundo, com aproximadamente 55 mil km cúbicos de volume, e estamos em plena bacia pantaneira. Logo, é um paradoxo vergonhoso e absurdo que nossas populações não tenham água de qualidade e abundante em suas casas.

Os últimos investimentos relevantes em saneamento na região de Cuiabá e Várzea Grande datam da década de 1980, ainda no Governo Carlos Bezerra. Depois de praticamente 30 anos, novos investimentos de monta surgiram em 2007 com o Programa de Aceleramento do Crescimento (PAC), que aloca boa parte dos R$ 521,5 milhões destinados a Mato Grosso para saneamento. Apenas Cuiabá ficou com cerca de metade desse valor, algo em torno de R$ 250,00 milhões.

O destino do PAC em Cuiabá já é bastante conhecido, e essa é outra página triste da atual administração em via de encerramento. Dinheiro que deveria estar produzindo melhorias na vida da população, em especial da população mais carente, está parado nos escaninhos da burocracia, em função de decisões judiciais que se fundamentam em acusações muito sérias de corrupção e desvios.

Quando o contrato e a obra da ETA Tijucal escaparam das paralisações judiciais determinadas com o fundamento de fraudes nas licitações, a sociedade ficou aliviada, porque, pelo menos essa obra relevante poderia ser finalmente concluída e entregue à população. Ledo engano! Problemas jurídicos de outra natureza, fundamentados em acusações que, se levadas a sério, poderiam se constituir em ações igualmente criminosas, envolveram a inauguração desta semana numa grande dúvida. Estará a ETA Tijucal realmente pronta para funcionar e beneficiar a população? Os bairros da região Sul da Capital serão servidos de água tratada, de qualidade e em abundância a partir da última terça-feira? Ou tudo não passou mesmo de engodo, de politicagem, de farsa, e entregam um gato, uma gambiarra, para iludir o nosso já sofrido munícipe?

O tempo nos dirá isso muito em breve. Se daqui 30, 40 ou 60 dias não houver problema de abastecimento de água para as populações da região Sul de Cuiabá, do Grande Tijucal e adjacências, então o prefeito Wilson Santos estará absolvido das suspeitas, e providências terão que ser tomadas contra seus acusadores, afinal a ETA Tijucal terá, de fato, sido entregue totalmente concluída à população.

Mas, se ao contrário, nesse mesmo período os mais de 100 mil moradores de bairros como o Tijucal, Pedra 90, Osmar Cabral, Fortaleza, Vila Nova, Novo Milênio, Liberdade, São João Del Rey, Nova Esperança e Boa Esperança continuarem com o problema de desabastecimento, abastecimento irregular ou mesmo fornecimento de água sem qualidade, neste caso teremos que lamentar este grande estelionato político contra a nossa população. Mas, com certeza não tanto com seus responsáveis, que receberão o mais veemente repúdio da população da forma mais incisiva que a democracia permite: na urna eleitoral. Tomara que possamos comemorar a solução definitiva da falta d’água do Grande Tijucal, para o bem da nossa sofrida população.

 

(*) KLEBER LIMA é jornalista e consultor de marketing em Mato Grosso. E-mail: kleberlima@terra.com.br.



Autor

Kleber Lima

KLEBER LIMA é jornalista e secretário de Comunicação da Prefeitura de Cuiabá

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/artigo/1440/visualizar/