Repórter News - reporternews.com.br
Opinião
Terça - 08 de Maio de 2012 às 18:49
Por: Juacy da Silva

    Imprimir


O Rio deJaneiro é, sem sombra de dúvida, a cidade mais conhecida do Brasil e é considerada uma das mais belas cidades do mundo, com suas paisagens como a baia de guanabara, o Corcovado (onde está a imagem do Cristo Redentor)e o conjunto formado pelos morros da urca e do pão de açúcar como um dos cartões postais que encantam não apenas turistas nacionais, internacionais e também seus moradores.

Os desfiles das escolas de samba no sambódrmo encatam milhões de pessoas que ao longo de anos que podem assistir bem de pertinho esta que é também considerada uma das maravilhas do mundo, sem falar nas comemorações de fim de ano com a queima de fogos de artifícios na praia de copcabana, onde comparecem todos os anos mais de dois milhões de pessoas. Dia de jogo no Maracanã, que está sendo reformado para receber a final da copa do mundo de futebol em 2014, é mais uma festa, principalmente quando é domingo de clássico, quando as torcidas apaixonadas comparecem com suas bandeiras e camisas coloridas.

Dizem que o Rio é feito de pessoas bonitas, principalmente suas mulatas, desfilando nas praias, muito samba no pé e uma paixão desmedida pelo samba, além de sua gastronomia, seus bares, restaurantes, botequins, monumentos, construções que indicam a caminhada de histórica da cidade.

O Rio, que durante séculos foi capital do Brasil, até que a séde do Governo Federal foi trasferida para Brasilia no início dos anos sessenta, faz parte de uma Região metropolitana que compreende a cidade maravilhosa e mais 18 municípios, com uma população de 12,6milhões de habitantes, com uma renda per capita de aproximadamente 19 mil reais e um PIB de 232,8 bilhões de reais, incluindo 154,8 bilhões de reais do PIB da capital, tudo isto em uma área de 5.645 km2, expremidos entre dezenas de morose o mar, onde vivem mais de 2,5 milhões de pessoas em favelas e em habitações sub-humanas.

Em meio a toda esta exuberância da natureza, do espaço urbano que foi sendo construido sem qualquer planejamento, de forma desordenada, ocupações irregulares das encostas de morros e dos mangues `a beira da baia da guanabara ou dos vários lagos e lagoas que já foram um paraiso ecológico, surgem boa parte dos problemas que tanto denigrem e tornam feia a imagem do Rio de Janeiro.

A violência durante décadas tem sido a característica que aos poucos afugenta milhares de turistas nacionais e internacionais e amedronta moradores. Por mais que os Governos federal, estadual e municipal tenham feito nos últimos dois anos uma verdadeira operação de Guerra, literalmente falando, quando as Forças Armadas foram desviadas de suas funções constitucionais para se transformarem em forças policiais, como no Immpério foram usadas para caçrem escravos que fugiam das senzalas (os temidos capitães do mato), a violência continua sendo o cotidiano do carioca ou de quem visita a cidade.

A saúde é outro caos. Muita gente em Cuiabá imagina que se o Governo do Estado ou Federal tivesse hospitais e pronto socorros a saúde seria uma maravilha, já que o Pronto Socorro de Cuiabá que históricamente pertence `a Prefeitura não consegue attender a demanda crescente da população local e regional, no Rio, mesmo com uma rede de hospitais estaduais, federais e municipais, o caos da saúde permanence e se agrava.

A qualidade da educação pública, tanto estadual quanto municipal é uma vergonha no Rio de Janeiro, ficando entre os piores estados do Nordeste em alguns aspectos. Até mesmo o aeroporto do Galeão, também denominado de Tom Jobim, em homenagem a um dos maiores expoentes da música popular brasileira, em dias de chuva os passageiros precisam desviar das goteiras, apesar de sua ala internacional ter sido inaugurada há poucos anos.

O trânsito é mais um drama e um calvário que os usuários do transporte público tem que enfrentar todos os dias, apesar de possuir metrô, BRTs e outras alternativas, sem resultado. Enquanto isto acontece as suspeitas de uma relação de amizade entre o Governador do Estado com o dono da construtura Delta está deixando a classe política tanto no Rio quanto em Brasilia com as barbas de molho.

Imaginar que no próximo mês o Rio vai sediar um dos maiores eventos ambientais (Rio +20), ano que vem a jornada mundial da juventude e a copa das confedrações, em 2014 jogos da copa do mundo de futebol e em 2016 os jogos olímpicos, quando milhões de visitantes/turistas estarão chegando `a cidade e região, o Rio não pode continuar com uma gestão pública de péssima qualidade. Afinal, o Rio é a vitrine do Brasil em todos os sentidos


JUACY DA SILVA
, professor universitário, mestre em sociologia, colaborador de Hipernoticias. Blog www.professorjuacy.zip.net Email professor.juacy@yahoo.com.br Twitter @profjuacy



Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/artigo/205/visualizar/