Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Opinião
Segunda - 18 de Janeiro de 2021 às 16:26
Por: ELUISE DORILEO

    Imprimir


Nesses tempos de Covid-19 muitas pessoas têm ficado isoladas e isso gera ansiedade. Com isso o cortisol que é o hormônio do estresse é liberado baixando a imunidade.

Imunidade baixa é um campo fértil para várias doenças de ordem física, mental e emocional. E vem a pergunta: Como lidar com as emoções que o coronavírus pode trazer?

Esse momento que estamos passando é muito sério, onde cada um deve se perceber neste processo para poder mudar seu destino e ressignificá-lo.

A Lei da Atração é algo inevitável em nossas vidas, e que quanto mais focamos nosso pensamento em alguma coisa a possibilidade de materialização da mesma é enorme.

Devo acrescentar também que se o pensamento vier acompanhado de sentimento, aí a potência de concretização é ainda maior. Entenda que o que muda positivamente ou faz o milagre em nossa vida é você sentir que está completamente imunizado. Desta forma, acionamos a possibilidade de não adoecer.

A frase que deve vir com o sentimento de paz e confiança é: “Dou graças por ter a saúde perfeita, total e definitiva”.

Eu sei que é difícil não pensarmos no perigo de se contaminar pelo coronavírus. Mas tente esquecer a ideia do perigo do vírus enquanto ora.

Olhando para essas informações, imagino que seja adequado acionar a autorresponsabilidade e apesar desta eminente situação, devemos reconhecer nossos medos para não agir e atrair a partir deles.

Se nossas emoções, ações e pensamentos se tornam o nosso campo vibracional, temos responsabilidade grande sobre o que vamos colher neste momento tão desafiador para a humanidade.

Busque pegar para você a sua força interior e o seu poder de cura e de se imunizar contra o coronavírus. Seu organismo pode focar em não adoecer ao simples comando do cérebro.

Diga não à ansiedade e ao medo de ser contaminado pelo coronavírus e bora para a vida.

Eluise Dorileo é psicóloga.



Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/artigo/3521/visualizar/