Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Sábado - 26 de Fevereiro de 2011 às 08:24
Por: Alex Fama

    Imprimir


O manifesto promovido pelo Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens do Estado de Mato Grosso (Sindicam) que bloqueou a Rodovia Imigrantes (MT-407), de acesso a Várzea Grande e Cuiabá, durou duas horas (das 9h30 às 11h30) e gerou um congestionamento de cerca de 25 quilômetros. Motoristas e empresários de vários setores instalados ao longo da rodovia protestaram contra o estado ruim da pavimentação asfáltica no local.

A assessoria do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado de Mato Grosso (Sindipetróleo), uma das entidades que deu apoio ao protesto, informou que este foi um movimento primeiramente para chamar a atenção das autoridades competentes para a situação da pista. Em um segundo momento, eles pretendem procurar alguns deputados estaduais para pedir apoio e conseguir uma audiência com o governador Silval Barbosa (PMDB) para que uma medida seja tomada em relação a recuperação asfáltica da rodovia.

Os manifestantes ressaltaram até mesmo um projeto de federalização da rodovia estadual, com o objetivo de que ela receba investimentos e melhorias necessárias. Algo que eles não querem ver no local é o "tapa buracos". Segundo os manifestantes, este tipo de medida não resolve o problema, já que a qualidade é duvidosa e logo em seguida "caroços" acabam se formando nesta parte "recapeada".

A situação é tão caótica no local, que há trechos em que a velocidade não ultrapassa a 20 km/h devido as "crateras" que a pista apresenta atualmente. Além disso, até mesmo ciclistas e pedestres que precisam percorrer a rodovia sofrem com a falta de acostamento.

 






Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/100846/visualizar/