Repórter News - reporternews.com.br
Politica MT
Quarta - 06 de Janeiro de 2010 às 15:36
Por: Andréa Haddad

    Imprimir


O prefeito Wilson Santos (PSDB) deve fazer duas alterações no staff nos próximos dias. Ele retornou de viagem de férias nesta terça (5), mas já iniciou as negociações para contemplar os partidos da base na Câmara de Cuiabá, em especial o PP, do presidente da Mesa Diretora, vereador Deucimar Silva. Nesta segunda (4), o prefeito em exercício Chico Galindo (PTB) confirmou que o tucano ofereceu há pelo menos três meses a secretaria de Bem Estar Social, comandada pela viúva do senador Jonas Pinheiro, Celcita Pinheiro (DEM), ao PP.

Conforme Galindo, Celcita comunicou ao prefeito em outubro o desejo de deixar o staff. Diante disso, Santos ofereceu a secretaria aos progressistas que, embora tenham três vereadores na base, só contam com um cargo de primeiro-escalão, a Agência de Habitação Popular, comandada pelo advogado João Emanuel.

Deucimar, por sua vez, confirmou a disponibilização da pasta para o partido, mas ainda faz mistério sobre quem deve ocupar o cargo. Ele apontou a falta de autonomia dos secretários como mais um empecilho para fazer a indicação. A expectativa é de que os progressistas pressionem para também ocupar os cargos de segundo-escalão da secretaria. “Não adianta ter apenas o secretário e não ter voz de comando sobre os demais cargos”, ponderou o presidente da Câmara.

Ele também negou as especulações de que o partido esteja interessado em ocupar uma secretaria com maior volume de recursos. “A secretária de Bem Estar Social é ótima, mas temos que sentar e discutir isso internamente”. Antes de indicar o secretário, Deucimar quer conversar com os outros dois vereadores do partido, Éverton Pop e Levi Pires de Andrade, o Leve Levi, ex-secretário de Meio Ambiente no primeiro mandato de Santos. “A secretaria foi oferecida ao PP e só falta eles aceitarem”, confirmou Galindo.

A diretoria da Sanecap também deverá passar por alterações neste início de ano. Com a saída da técnica Eliana Rondon do comando da autarquia, Galindo deverá assumir interinamente. Ele já acumula as funções de vice-prefeito e secretário de Planejamento. O petebista negou que o prefeito já tenha batido o martelo. “Ainda estamos conversando. Além do meu, há outros bons nomes”. Segundo Galindo, o líder do prefeito na Câmara, vereador Paulo Borges (PSDB), nunca foi cogitado pelo prefeito para assumir a autarquia. “Trata-se de um bom nome, mas nunca existiu conversas neste sentido. Apenas a imprensa cogitou esta hipótese”, desconversou.





Fonte: RD News

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/146853/visualizar/