Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Policia MT
Segunda - 04 de Janeiro de 2010 às 16:09
Por: Ronaldo Couto

    Imprimir


Um caso inusitado despertou o interesse das autoridades policiais de Barra do Garças, neste final de semana. A jovem M.S.C, estudante de 20 anos, quase foi estuprada na estrada de acesso ao Clube do Bancrévea, no parque estadual da Serra Azul, no sábado (2) por volta das 17h40. Segundo relato da vítima, a jovem estava retornando de uma chácara conduzindo uma moto sozinha quando um indivíduo que estava escondido no meio do mato jogou uma pedra na estrada, fazendo com que ela caísse da motocicleta. O tarado aproveitou o instante para arrastar a vítima para o meio do mato com intuito de manter relações com a vítima chegando, a rasgar a blusa dela.

A jovem ainda teve sangue frio para conversar com agressor e lhe ofereceu 30,00 para que ele não a violentasse. Segundo ela, o jovem de aproximadamente 25 anos, de cor morena, forte, aceitou o dinheiro e decidiu largá-la no meio do mato e fugiu numa bicicleta que ela somente lembra que era muito velha. Abalada com tudo, chorando, a jovem correu para o meio da estrada e pediu socorro para os chacareiros que passavam por ali.

Na delegacia, ela deu informações para montar um retrato falado do acusado. Bastante assustada com tudo isso, ela agradeceu a Deus porque lhe deu calma para negociar com o maníaco, oferecendo dinheiro. Ela lembra que ele estava lhe rasgando a blusa e tentando tirar a sua roupa quando ela falou sobre o dinheiro e pediu que ele não fizesse nada com ela. Surpreende mente o acusado parou de agir com violência e aceitou a proposta da jovem. O delegado disse que ela teve sorte, porque ele poderia abusar da vítima e ainda roubar o dinheiro.

A polícia pretende localizar o individuo, porque ele pode voltar atacar naquele setor, onde tem muitas chácaras e fica próximo ao bairro Vila Varjão. “Pode ser um algum indivíduo de fora, porque ele não teve a preocupação de esconder o rosto” destacou o delegado Adilson Gonçalves, que ficou admirado pelo fato do acusado ter aceitado dinheiro para libertar a vítima sem estuprá-la.






Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/147092/visualizar/