Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Policia MT
Sábado - 16 de Fevereiro de 2013 às 09:22

    Imprimir


A polícia investiga o roubo de um Toyota Corolla prata, ocorrido no início desta semana na avenida 15 de Novembro, no semáforo em frente do 1º Batalhão no bairro Porto. Dois homens bem vestidos renderam quatro mulheres que estavam no carro. Assim que veículo parou no semáforo, um dos homens, usando uma pasta, se aproximou. Mostrou que estava armado e pegou o volante. O outro entrou no banco traseiro, fazendo as quatro mulheres reféns. O assalto ocorreu na última segunda-feira por volta das 14 horas quando o movimento de veículos era pequeno.

Conforme a proprietária do Corolla, que registrou queixa na Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (DERRFVA), o ladrão que estava no banco traseiro exigiu que elas entregassem as bolsas com documentos e pertences. Cerca de meia-hora depois, as vítimas foram deixadas no bairro Costa Verde em Várzea Grande e os ladrões fugiram levando o carro.

Durante o assalto, os assaltantes pediram para que as vítimas ficassem “tranquilas”, pois queriam apenas o veículo e iriam deixá-las num local “oportuno” nos próximos minutos. Assim que foram deixadas, as mulheres acionaram a PM que fez rondas pelas proximidades, mas não localizaram os bandidos.

A proprietária do carro acrescentou que ela estava com a mãe, filha e neta no carro e iriam dar um passeio. O fato dela ter sido rendida em frente ao 1º Batalhão assustou, uma vez que tem vários policiais em frente, mas naquele horário, não havia policial algum nas proximidades.

Para policiais da Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos, os ladrões se mostraram audaciosos ao praticar o roubo em frente a um batalhão da PM. “O fato de estarem bem vestidos, usando uma pasta, também é uma forma de não levantar suspeita”, observou um policial.

No entendimento dos policiais, o carro seria encomendado por traficantes bolivianos, uma vez que esse modelo de veículo continua na lista entre os mais roubados e que são levados para o país vizinho. “Os traficantes encomendam muito picapes em geral e principalmente Corollas”, informou um policial.




Fonte: Do DC

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/28126/visualizar/