Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Agronegócios
Terça - 09 de Agosto de 2011 às 16:48

    Imprimir


Os números oficiais da safra de grãos, divulgados nesta terça-feira tanto pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) quanto Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE), mantêm Mato Grosso na vice-liderança nacional na produção de grãos para a safra 2011. No ciclo 2010/11, o desempenho no campo deve equivaler a pouco mais de 19% de tudo aquilo que o Brasil produzir este ano. Para a Companhia, Mato Grosso deve atingir 30,7 milhões de toneladas. Já o Instituto estima 31,1 milhões de toneladas.

 Os números das duas instituições apresentam poucas variações e coincidem com a produção de grãos para as culturas, como o algodão em caroço, cujos resultados neste ciclo devem ultrapassar 2,6 milhões de toneladas, segundo as instituições. Para o milho, os representantes indicam mais de 7 milhões de toneladas.

De acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento, Mato Grosso deve produzir entre a primeira e segunda safras, 7,4 milhões de toneladas de milho. O resultado é 8,7% inferior ao verificado no ciclo 2009/10, quando o estado atingiu 8,1 milhões de toneladas. Já o IBGE indica 7,5 milhões de toneladas. Um ano antes, superou 8,1 milhões de toneladas.

As estimativas da safra indicam que em 2011 Mato Grosso deve produzir mais de 20 milhões de toneladas de soja. O produto ocupa a posição de destaque no topo da lista dos itens mais cultivados. Para as duas instituições, o estado deve ultrapassar o volume registrado no ano passado. A Conab aponta alta de 8,8% na produção, chegando este ano a 20,4 milhões de toneladas, frente aos 18,7 milhões do ano passado. Já o IBGE indica 20,8 milhões de toneladas, confirmando tendência de alta frente aos 18,7 milhões de toneladas de 2010.

No Brasil

Na perspectiva Brasil, o IBGE estima uma safra de 158,8 milhões de toneladas, resultado superior em 6,2% a 2010, quando 149,6 milhões de toneladas foram alcançadas e 1,7% menor à estimativa de junho. O resultado leva em conta o desempenho no campo de cereais, leguminosas e oleaginosas, a exemplo de caroço de algodão, amendoin, arroz, feijão, mamona, soja, aveia, centeio, girassol, sorgo, trigo e triticale.

Para a Conab, o Brasil deve produzir 161,5 milhões de toneladas, o que equivale a uma alta de 8,2%. O percentual, de acordo com a estatal, representa 12,3 milhões de toneladas a mais que a safra passada, quando atingiu 149,2 milhões de toneladas. No comparativo com o último levantamento, a produção reduziu 0,3%, ou 516 mil toneladas.

Paraná

No Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), na avaliação para 2011, o Paraná mantém a liderança na produção nacional de grãos, com uma participação de 20,5% seguido por Mato Grosso, com 19,3%, e Rio Grande do Sul, com 17,7%, segundo o IBGE.





Fonte: Do G1

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/80458/visualizar/