Publicado em Segunda - 28 de Dezembro de 2020 | por Nara Assis

Opinião O feminicídio não escolhe

Na véspera do Natal, a juíza Viviane Vieira do Amaral Arronenzi foi vítima de feminicídio, no Rio de Janeiro (RJ). O ex-marido, Paulo José Arronenzi, não aceitou o fim do relacionamento. Ela foi esfaqueada por ele na frente das três filhas pequenas, à luz do dia, em um local movimentado da Barra da Tijuca, bairro nobre da capital carioca.

Leia mais...

Opinião Plenejamento jurídico

Publicado em Domingo - 27 de Dezembro de 2020 | por João Victor de Oliveira Rodrigues

A razão para isso é a percepção do meio empresário de que realizar esse investimento da maneira correta pode alavancar a empresa. Alavancar significa, em outras palavras, favorecer o desenvolvimento de alguma coisa. E como o advogado conseguiria alavancar uma empresa que sequer é sua?

Leia mais...

Opinião Ferrovia é um cavalo selado

Publicado em Domingo - 27 de Dezembro de 2020 | por Marcelo Portocarrero

Lá se foram longos 44 anos de espera…parece que agora vai. Vai, mas em termos porque não será do jeito que se pretendia vez que ela não passará pelo núcleo urbano do município e sim por sua área de abrangência.

Leia mais...

Opinião Um Natal de Karol Wojtyla

Publicado em Sábado - 26 de Dezembro de 2020 | por Percival Puggina

Leão, dois séculos antes, vivera as lutas contra o declínio do Império, salvando o que podia. E nesse enfrentamento atribuiu à Sé Apostólica um primado religioso, moral e cultural que ela nunca mais haveria de perder.

Leia mais...

Opinião Judiciário consome 1,5 % do PIB

Publicado em Sábado - 26 de Dezembro de 2020 | por Licio Antonio Malheiros

Vamos falar agora apenas o nível Federal, o Poder Executivo responde pela maior parcela da despesa com pessoal ativo, com 75,7%, em função do seu tamanho, seguido pelo Judiciário (18,4%), o Legislativo (3,1%) e o Ministério Público (2,8%).

Leia mais...

Opinião Um Feliz Natal aos viajantes do tempo

Publicado em Sexta - 25 de Dezembro de 2020 | por João Edisom de Souza

Quem já fez, passou ou mesmo está próximo de comemorar seis décadas de vida e ocupou os espaços devidos de seu tempo nesta jornada de vivencias, convivências, experiências e aprendizado, tem muito a comemorar neste natal.

Leia mais...

Opinião Abandono afetivo inverso

Publicado em Sexta - 25 de Dezembro de 2020 | por Carla Rachel Fonseca da Silva

Todos estão fadados ao envelhecimento e com a expectativa de vida cada vez maior com o passar dos anos, a sociedade brasileira tem provocado à criação de diversos institutos jurídicos que tratem de problemas diários que o crescente número de idosos tem enfrentado de modo cada vez mais frequente.

Leia mais...

Opinião Rede de Frente

Publicado em Quinta - 24 de Dezembro de 2020 | por Rosana Leite Antunes de Barros

O surgimento se deu no ano de 2013, após uma conversa incentivadora da defensora pública Lindalva de Fátima Ramos com o representante do Poder Judiciário e do Ministério Público em uma audiência pública que tratava do enfrentamento à violência contra a mulher.

Leia mais...

Opinião As novas custas judiciais

Publicado em Quinta - 24 de Dezembro de 2020 | por Renato Gomes Nery

A Justiça Gratuita – que seria outra forma de acesso – é uma ficção, pois apesar dos benefícios da lei que a estipula, os juízes fazem o que podem para não a conceder. Com as exceções devidas, há um comprometimento de encher “as burras” do Poder Judiciário. Neste País injusto a grande maioria precisa da Justiça.

Leia mais...

Opinião Desafios em Superação

Publicado em Quarta - 23 de Dezembro de 2020 | por Amir Maluf

O ano gêmeo, 2020 se aproxima do final e entra para a história como um marco desafiador para a saúde e a economia. As ondas turbulentas de um mar agitado impuseram regras temidas, algumas necessárias, outras discutíveis aos diversos setores produtivos, entre as imposições governamentais a mais temida abalou muitos pilares econômicos, a do fechamento; a restrição total ou parcial desta medida parecia cruel demais e sufocante para manter de pé uma empresa. Uma difícil equação foi imposta, como gerar desenvolvimento econômico, se o produto ou serviço não podem ser produzidos? Posteriormente veio a resposta, ou alternativa para manter vivo um CNPJ, a flexibilização. Na pratica permitiu mais fôlego para honrar salários, tributos e custos junto a fornecedores, claro que lucratividade não foi à meta, era inatingível, a sobrevivência já era o suficiente.

Leia mais...