Publicado em Segunda - 08 de Outubro de 2012

Confiança do comércio subiu 2,2% entre agosto e setembro

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio subiu 2,2% em setembro deste ano e alcançou 125,3 pontos. Esta foi a segunda alta consecutiva do indicador, que cresceu 5,9% no mês anterior. Os dados são da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).
Leia mais...

Sefaz atualiza sistema de cadastro aos contribuintes

Publicado em Segunda - 08 de Outubro de 2012

Leia mais...

Exportações diárias de carne aumentam em outubro

Publicado em Segunda - 08 de Outubro de 2012

A primeira semana de outubro apresentou aumento das exportações diárias do complexo soja e das carnes in natura bovina, suína e de frango em relação ao mesmo mês de 2011. Os dados foram divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC) e compilados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa)
Leia mais...

FMI reduz previsão de crescimento do Brasil em 2012 para 1,5%

Publicado em Segunda - 08 de Outubro de 2012

O Fundo Monetário Internacional (FMI) reduziu para 1,5% a previsão de crescimento da economia brasileira em 2012. Em julho, o fundo projetava uma expansão de 2,5%. A perspectiva é a menor entre os países do Bric: o FMI projeta alta de 3,7% no Produto Interno Bruto (PIB) da Rússia, 4,9% para Índia e 7,8% para China este ano.
Leia mais...

Produtos agropecuários atingem receita inédita de US$ 10,2 bi

Publicado em Sábado - 06 de Outubro de 2012 | por MARIANNA PERES

O agronegócio mato-grossense comemora mais um recorde em 2012, desta vez com a exportação de produtos que ultrapassou pela primeira vez a casa dos US$ 10 bilhões. Novamente alicerçada pelos embarques do complexo soja, as vendas somaram até setembro US$ 10,26 bilhões, ou, 27,10% acima do contabilizado em igual período do ano passado quando a receita foi de US$ 8,07 bilhões. A receita nacional aumentou 0,5% no mesmo período
Leia mais...

Inflação reduz 4,20% em Cuiabá

Publicado em Sábado - 06 de Outubro de 2012

A cesta básica em Cuiabá ficou 4,20% mais barata em setembro, em comparação com o mês anterior. Com isso, o pacote com os 13 itens considerados essenciais para alimentar um trabalhador adulto por 30 dias foi adquirido em média por R$ 274,41, contra R$ 286,44 de agosto. A variação negativa deveu-se principalmente à queda no preço do tomate, que teve retração de 34,54%. Os dados são da KGM Pesquisas.
Leia mais...
Termelétrica de Cuiabá em funcionamento
Termelétrica de Cuiabá em funcionamento

Termelétrica de Cuiabá mantém fornecimento de energia em outubro

Publicado em Sábado - 06 de Outubro de 2012 | por Vívian Lesssa

A Usina Termelétrica de Cuiabá continuará fornecendo energia elétrica para o Sistema Interligado Nacional (SIN) por, pelo menos, um mês. Desde março, a unidade está abastecendo a rede do país com aproximadamente 480 megawatts, volume suficiente para suprir até 60% da demanda por energia de todo o Estado.
Leia mais...

Anfavea: antecipação de compra diminuiu vendas de veículos

Publicado em Sexta - 05 de Outubro de 2012

A queda de 31,5% nas vendas de veículos automotores em setembro, divulgada nesta quinta-feira pela Associação Nacional dos Veículos Automotores (Anfavea), pode ser explicada pela maior procura dos consumidores, em agosto, por carros novos. Como estava previsto o fim da redução do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI), no final daquele mês, houve uma corrida às lojas. Mas o estímulo fiscal foi prorrogado por mais 60 dias.
Leia mais...

Indústria toma novo fôlego com as medidas de estímulo

Publicado em Sexta - 05 de Outubro de 2012

O crescimento da atividade industrial, em agosto, indica “recuperação” do setor, avaliou ontem a Confederação Nacional da Indústria (CNI). Para a entidade, o aumento de indicadores industriais, como faturamento e horas trabalhadas, no mês analisado, dá um novo fôlego ao setor.
Leia mais...

Morosidade na Sema volta a ser discutida por madeireiros em MT

Publicado em Sexta - 05 de Outubro de 2012 | por Karoline Kuhn

A morosidade na liberação de licenças por parte da Secretaria Estadual de Meio Ambiente voltou a ser discutida por representantes do setor florestal. A falta de estrutura é o principal problema, avaliou o presidente do Sindicato dos Madeireiros do Norte de Mato Grosso (Sindusmad), José Eduardo Pinto, ao Só Notícias. "A grande maioria dos documentos que são necessários são feitos por Cuiabá. As regionais dão o suporte mas não podem emitir essas licenças. A situação está grave porque a Sema está sem estrutura. Não é só com manejo, que é a base, mas também temos dificuldades CC-Sema, LO [ taxa de Licença Operacional], LAU. O setor está realmente sofrendo com isto", explicou.
Leia mais...