Publicidade

Publicado em Quarta - 29 de Setembro de 2010 | por Pedro Cardoso da Costa

Atuação fraca da imprensa

Talvez pelas verbas oficiais que recebem dos governos, a imprensa brasileira demonstra muita insegurança ou sensibilidade com relação às palavras das autoridades federais quando a criticam, em especial do presidente da República. É preciso reforçar a idéia de que a democracia já tem força suficiente para superar ameaças, concretas ou vãs, de uma única pessoa, independente do cargo que ocupe.
Leia mais...

De olhar

Publicado em Quarta - 29 de Setembro de 2010 | por Eduardo Gomes

João Figueiredo deixou a faixa presidencial num canto dos aposentos e foi para Nogueira cuidar de seus cavalos. Tancredo Neves, que deveria sucedê-lo, morreu pouco antes de assumir o cargo e o Brasil ficou numa encruzilhada histórica: empossa ou não o vice José Sarney?
Leia mais...

Os degraus da vida pública

Publicado em Terça - 28 de Setembro de 2010 | por Aladir Leite Albiquerque

O ser humano tem que viver um dia de cada vez. Cada dia que passamos, é um degrau a  mais que subimos na escada da vida até chegarmos  ao topo que imaginemos.
Leia mais...

A reta final

Publicado em Segunda - 27 de Setembro de 2010 | por Dirceu Cardoso Gonçalves

Vivemos a última semana antes das eleições, marcadas para o próximo domingo, 3 de outubro. A propaganda no rádio e na TV será exibida até a quinta-feira (três dias antes do pleito), conforme determina o calendário eleitoral. Naquele dia também terminam os comícios. Até a sexta-feira, os candidatos poderão publicar anúncios em jornais e revistas. No sábado ainda poderão fazer a propaganda através de carros de som e participar de caminhada, carreata, passeata e distribuição de material de propaganda política. No domingo (3 de outubro), tudo isso estará proibido para que o povo possa votar livremente.
Leia mais...

A corrupção censurada

Publicado em Segunda - 27 de Setembro de 2010 | por Vilson Nery/Antonio Cavalcante

Não causou o menor espanto a decisão de veto, anunciada minutos antes do início do debate realizado sábado (25/09), em Cuiabá, entre os candidatos ao governo de Mato Grosso. No alto de seu ‘poder’, os organizadores da mencionada discussão de idéias, sem justificativas, simplesmente proibiram que o assunto ‘corrupção’ fosse abordado pelos candidatos.
Leia mais...

Ser é mais importante do que ter.

Publicado em Segunda - 27 de Setembro de 2010 | por Nelson Tanuma

Vivemos hoje em um mundo extremamente competitivo onde as pessoas buscam desesperadamente e a todo custo, acumular bens materiais, ter corpo perfeito, ter mais tempo, status e poder, e assim, vivemos dentro de um contexto de vida estressante, nascisistica, e insaciável. Muitas vezes nos esquecemos de que, não obstante a fugacidade da vida, o que vem em primeiro lugar é SER, em seguida FAZER, para depois vir a TER.
Leia mais...

Ser cristão é votar em...

Publicado em Domingo - 26 de Setembro de 2010 | por Mario Eugenio Saturno

A internet vem cumprindo uma previsão: democratizar a informação. E, de fato, nestes últimos dias testemunhamos alguns movimentos na política que merecem nossa atenção e reflexão. O primeiro foi um vídeo, uma entrevista da candidata a presidência Dilma Rousseff para a Revista Gente, em que ela afirma categoricamente que é a favor do aborto. E ainda se declara cristã e católica.
Leia mais...

O desafio dos municípios em sediar a Copa

Publicado em Sábado - 25 de Setembro de 2010 | por Pedro Ferreira de Souza

A realização da Copa em Mato Grosso vai representar muito para os municípios, afinal muitas regiões apresentam fortes potencialidades em turismo, cultura, agricultura e outras fontes econômicas.
Leia mais...

João de Barro, o Pedreiro da Floresta

Publicado em Sexta - 24 de Setembro de 2010 | por Aladir Leite Albuquerque

Quer  ter sucesso na vida ? Com certeza, você já pensou nisso !
Leia mais...

O julgamento da Ficha Limpa

Publicado em Sexta - 24 de Setembro de 2010 | por Dirceu Cardoso Gonçalves

Ficha limpa deve ser o requisito básico para o exercício de toda e qualquer atividade, principalmente a representação popular. Se é portador de ficha suja, o pretendente deveria ser automaticamente eliminado do processo, sem maiores delongas. Mas não é isso que acontece no nosso país, tradicional moradia da impunidade dos poderosos e ocasionalmente varrido por comoções moralistas que, via-de-regra, não passam de movimentações sazonais. Tanto que a descrença nos políticos e até nas instituições é, cada dia, maior.
Leia mais...